sábado, 4 de maio de 2013

E lá se foi a Teoria de que não marcam penaltis contra o Porto

É só o João Gabriel fazer conferências de imprensa para disfarçar as Capeladas para os árbitros marcarem penaltis contra o Porto. O dono pede e os cães obedecem. Agora quero ver qual é a Teoria que vão inventar porque esta dos penaltis já se foi.

5 comentários:

MC disse...

Oh tasqueiro se tivesses um pingo de vergonha nem vinhas falar do jogo dos Barreiros !
Eu se fosse do puorto pintava a fronha de preto e não saia de casa durante uma semana!
O lambécunas do Machadés,começou o jogo com três putos dos juniores, deixando no banco Claudemiro, João Aurélio,e o Diogo Barcellos,para bom entendedor, ficámos a perceber quais eram as intenções do lambécunas...
No 1ºgolo,fiquei com dúvidas se a bola não teria já saído, no 2ºgolo há dois jogadores fora de jogo antes do cruzamento,e no terceiro foi um penalty muito forçado, tal como o que foi marcado a favor do Nacional porque a bola ressalta do peito para o braço ok !

E como sou bom rapaz, ofereço-te um miminho :-)

http://www.dailymotion.com/video/xzkke8_epoca-sujinha-a-verdade-inconveniente_sport#.UYWCVfFu6Xr

Tasqueiro Emigrante disse...

Querias festejar já o campeonato?
Tens que esperar.

Quanto ao jogo tens uma grande lata em falar em facilitismo do Nacional depois do último jogo do benfas contra o Maritimo.

O resultado justo era 2-1...o golo do Mangala foi de facto em offside...de resto tudo ok e nada a dizer...por isso tenta não inventar mais ok?

MC disse...

Queres que te diga o nome do restaurante onde se reuniram os três presidentes em alegre confraternização ! ! !

Parece que afinal foi mesmo sujinho...sujinho... sujinho !

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

tão pk é que as mouras adeptas do nacional tavam a cantar slb slb slb durante o jogo? mindfuck...

Tasqueiro Emigrante disse...

MC,

que eu saiba o Mário Figueiredo não esteve no jantar com o Pinto da Costa, ao contrário do último fim de semana com o LFV...só aí vai uma grande diferença...entre o Presidente da Liga num jantar e não ter.

Quanto ás adeptas mouras do nacional estavam a cantar slb, slb, slb porque os maridos delas as obrigaram senão chegavam a casa e levavam no focinho!